Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Depois de um gajo levar com o dilúvio sonoro a que Deus deu o nome de Arcade Fire (texto sobre isso a seguir ao almoço), já não se encontra mentalmente preparado para botar faladura sobre os Queens of the Stone Age, e muito menos sobre os Linkin Park.

 

Não queria, ainda assim, deixar de lavrar aqui o meu protesto em relação à atitude em termos de guarda-roupa de Josh Homme, líder dos QOTSA, que tantas alegrias me deram por alturas do maravilhoso Songs for the Deaf (2002).

 

Ó Josh, mas o que é isto?

 

© Agência Zero

 

Que casaquinho farsolas, de quarentão menino-da-mamã, é aquele? Brincamos? É Primavera. Estamos em Lisboa. Vocês são uma banda rock'n'roll. E de repente, Josh diz antes de entrar em palco: "Ai, ai, ai, vou vestir o anorak porque esta Bela Vista é muito ventosa." Que caraças.

 

Não, Josh, não. Não admira que o concerto tenha sido apenas assim-assim. O rock faz-se de mangas cavas ou, na pior das hipóteses, de t-shirt, ou, na pior da pior das hipóteses, com roupa desenhadas por estilitas famosos, onde toda a banda faz pendant (o que é pouco rock'n'roll, convenhamos, mas enfim). Agora, com um anorak Feira de Carcavelos? Não, pá, isso não. Um gajo fica logo de pé atrás. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos