Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A vergonha do aborto gratuito

por João Miguel Tavares, em 13.02.14

No meu texto de hoje do Público falo sobre a questão do aborto e o absurdo da sua equiparação, em termos de privilégios, a uma gravidez. Para ler aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.07.2014 às 17:26

Mas que queres, pôr um polícia junto a cada mulher grávida? A pessoa é livre de se matar, seja sózinha ou com uma criança dentro dela e não há nenhuma legislação que o impeça. O resto são moralidades da Igreja que se olhasse por ela abaixo tinha muito por onde abortar! Porque é que a igreja tem capelães nas FA? A guerra não é uma legitimação da morte? Isto não quer dizer que aprove abortos a torto e a direito, pois acho que só nos casos de impossibilidade/fraqueza física ou económica é que deve ser disponibilizado, acho é que é desgraça maior deixar vir um ser vivo ao mundo e não ter condições para uma vida condigna... sem as esmolinhas, moralistas, da Igreja e da sociedade hipócrita em que o dinheiro apaga as imoralidades!

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos