Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Ainda faltam nove dias, pá

por João Miguel Tavares, em 17.11.13

O Actual (ou melhor, o Atual) deste fim-de-semana dedica a capa ao segundo volume do projecto Voz e Guitarra. O artigo está completo e bem elaborado, mas tem um daqueles defeitos que sempre me irritaram, muito antes de ser jornalista, quando era apenas um modesto leitor de jornais: escreve no dia 16 de Novembro maravilhas sobre um disco que só estará disponível a 25 de Novembro. Nove dias depois. Duas edições antes de ele efectivamente estar nas lojas.

 

Um leitor - como é o meu caso - que fique interessado em adquirir o objecto, seja numa loja, seja na net, vai ter de aguentar a sua curiosidade a um ponto tal que quando o disco sair provavelmente já não se vai lembrar que ele saía. Eu sei que os jornais fazem isto para se anteciparem à concorrência, porque acordam com as editoras serem os primeiros e, assim sendo, para se sentirem mais relevantes. Mas, na verdade, é daquelas coisas que serve mais para confortar o ego dos jornalistas do que para servir o seus leitores.

 

Só uma minúscula minoria de leitores lê mais do que um jornal, e estou convencido de que se está absolutamente nas tintas para quem dá primeiro a notícia do lançamento de um novo disco - o lançamento do Voz e Guitarra 2 não é propriamente o Watergate. Mas, pelo contrário, duvido que os leitores se estejam nas tintas - eu, pelo menos, não estou - para o facto de aquele disco sobre o qual ficaram super-interessados afinal só ir sair dali a duas semanas. 

 

É por estas e por outras que tanta gente fica com a sensação de que os jornalistas escrevem, em primeiro lugar, para os seus pares e para as suas fontes. E assim se esquecem daquilo que é o interesse do seu público, em nome de uma concorrência que, nesta área específica da música e da cultura, ninguém vislumbra, a não ser eles próprios. A capa do Atual é um daqueles casos em que a fama de privilegiados ("olha o jornalista sortudo que escuta os discos com tanta antecipação") causa mais irritação do que admiração.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

Paula a 17.11.2013

Permita-me a correcção: "tem um daqueles defeitos que sempre me irritaram" . Há bem pouco tempo eu era uma das pessoas que cometia esse erro, ou seja, eu era uma das pessoas que cometiam esse erro.
Reconheço que não é a melhor estreia na caixa de comentários mas parabéns pelo blog, há muito que esperava por um blog além do paisdequatro, do qual muito gosto também.
Imagem de perfil

João Miguel Tavares a 17.11.2013

Tem toda a razão, Clara. Obrigado pela correcção.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D



Favoritos