Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Falta paprika

por João Miguel Tavares, em 19.08.14

Descobri o problema na relação do Tribunal Constitucional com os cortes do Governo: falta paprika.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Menos igualdade, se faz favor

por João Miguel Tavares, em 11.06.14

Ontem, no Público, procurei desmontar o argumento daqueles que dizem que não vale a pena mudar a Constituição porque os orçamentos de Estado estão a ser chumbados com base em princípios inamovíveis. Para ler aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Aclare-se o regime

por João Miguel Tavares, em 05.06.14

Hoje, no Público, escrevo sobre as aventuras no país das tretas. Para ler aqui.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

O que nos disse o Constitucional

por João Miguel Tavares, em 26.12.13

O meu texto de hoje no Público debruça-se sobre o conteúdo do acórdão do Tribunal Constitucional sobre a convergência de pensões. Para ler aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Mau jornalismo

por João Miguel Tavares, em 19.12.13

Este chumbo do Constitucional é mais um momento marcante da legislatura, e Joaquim Sousa Ribeiro, presidente do Tribunal Constitucional (TC), tem uma grande qualidade: dispõe-se a falar para a comunicação social e sabe explicar-se bastante bem. Não é redundante, não é obscuro e é didáctico no bom sentido da palavra. Infelizmente, as televisões devem achar o senhor muito aborrecido: ainda estava ele a meio das suas explicações quando todos os canais decidem abandonar o directo para ir escutar a reacção de... Jerónimo de Sousa.

 

Ora, eu diria que há ai um triplo desrespeito. 1) O desrespeito das televisões para com o presidente do TC, que merece 15 minutos em directo nos telejornais para explicar uma decisão tão importante quanto esta. 2) O desrespeito de Jerónimo de Sousa (e a seguir do Bloco) para com o presidente do TC, decidindo intervir sem esperar a conclusão das suas declarações. 3) O desrespeito das televisões para com os seus espectadores e para com os cidadãos deste país, que devem ser tratados como adultos e merecem compreender aquilo que está em causa.

 

Abandonar um directo de Sousa Ribeiro para ouvir Jerónimo de Sousa, ou seja quem for dos partidos representados no Parlamento, papaguear aquilo que todos sabemos que irão dizer ainda antes de abrirem a boca, é, finalmente, um desrespeito pela nossa inteligência e um reflexo pavloviano do jornalismo pé de microfone. Ponham os miolos a funcionar, se faz favor.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos