Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


"Não existe solução", diz António Costa

por João Miguel Tavares, em 16.10.14

No Público de hoje, por causa das inundações na capital, entretenho-me a fazer comparações entre as opiniões do presidente da Câmara de Lisboa e do candidato do PS a primeiro-ministro. Para ler aqui.

 

Baixa 29-10-2010 (6).jpg

7447810_UmY4O.jpeg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.10.2014 às 18:15

Ele pode realmente tudo. Lata não lhe falta. Aliás ao Partido socialista tudo é permitido. Lembremo-nos do "estou-me cagando para o segredo de justiça" pela boca do escolhido por António Costa para ser o lider parlamentar do "novo" velho PS. Na realidade é preciso ter lata para nomear Ferro Rodrigues que protagonizou este episódio nas escutas publicadas onde o mesmo falava com António Costa para pressionar o Procurador que investigava o caso casa Pia. Um atentado ao Estado de direito mas "NO PASA NADA". De facto se alguém deste governo ou desta maioria tivesse protagonizado um episódio destes a berraria que não se fazia ouvir durante dias a fio na comunicação social. Mas claro, o PS é o PS e pode tudo.
Sábado tivemos a primeira página do Expresso com a fotografia vergonhosa do abraço de Soares a Isaltino com as seguintes declarações "Isaltino foi injustiçado" Ora portanto temos aqui pela boca de Mário Soares, o inimputável, o "estou-me cagando para a justiça". Imaginemos lá que Passos Coelho se atrevia a chamar Isaltino de volta ao PSD e aparecer abraçado a ele proferindo esta barbaridade. Certamente o pedido de demissão e a condenação não se fariam esperar com os habituais megafones da comunicação social gritando pela moral e afirmando que Passos Coelho já não tinha condições para continuar. Soares é apoiante convicto de Costa e tanto abraça Costa como Isaltino e "NO PASA NADA"!! o PS é o PS e o PS pode tudo.
Finalmente temos Costa, que escolheu Ferro Rodrigues e que escolhe a tralha socrática que nos conduziu à falência e aos sacrificios por que hoje passamos por gestão danosa da coisa pública. Temos um Costa que depois de ter a capital do País inundada de lixo durante semanas a fio cedeu por causa das criticas nas redes sociais (não por causa das criticas de jornalistas e comentadores) e usou o dinheiro dos lisboetas 2,5 milhões para tapar o problema. Não o resolveu, como socialista que é, atirou o dinheiro para cima do problema não fosse o caso beliscá-lo nas suas intenções de assalto ao PS. Agora chegou a vez de Lisboa ficar inundada vergonhosamente por 2 vezes num espaço de 15 dias. A resposta do edil que tudo pode é "Não há solução para as inundações" o que quer dizer mais ao menos isto "estou-me cagando nos lisboetas". E portanto aqueles que repetem sem cessar que ele fez obra em Lisboa deixam que tudo passe em branco e que esta personagem que se propôe governar o País tenha a lata de responder "S.Pedro está imune a responsabilidades". Na realidade o PS é o PS e pode tudo. Num País decente este senhor nem sonhava sequer vir a sentar-se em S. Bento. Mas o PS é o PS e o PS pode tudo, não é João Miguel Tavares?
Só é pena que os senhores jornalistas e comentadores habitués cá do burgo mantenham esta suave critica a António Costa entre elogios para que não seja beliscado na sua construção de imagem, para ser levado ao colo até S. Bento. Não fosse assim e o assunto Hospital da Luz /BES e as trapalhadas protagonizadas por António Costa na aprovação do projecto e na demolição do recente Quartel dos Sapadores Bombeiros seria escrutinada até ao limite. Não fosse assim e o assunto apoio de Rendeiro à candidatura de Costa à CML e o cheque de financiamento à campanha de Costa por parte de um administrador do BPN/SLN seria escrutinado (afinal a notícia saiu em Julho no CM e pelos vistos ninguém ligou). Não fosse assim e o assunto financiamento à Fundação Soares com dinheiro dos contribuintes lisboetas seria escrutinado, mas pelos vistos o assunto fez a capa de um jornal e ninguém ligou ou se indignou. Não fosse assim e recuariamos ao tempo em que Costa foi ministro da Adm. Interna e que protagonizou a adjudicação com perdas para o Estado /Contribuintes do sistema SIRESP a uma empresa da SLN grupo BPN (e só consultar o Público dessa altura e verificar a embrulhada). Não fosse assim e exigir-se-ia, num País decente, que Costa divulgasse as contas da CML e percebessemos afinal de que tamanho é o buraco na CML que um dia vai epirrar porcaria para cima de nós tipo a sargeta entupida que vimos por estes dias nas inundaçõs lisboetas. Mas o PS é o PS e pode tudo. Costa é o Costa e pode tudo. Houvesse um empenho em denunciar estas coisas , tal como se faz com outros protagonistas e este senhor não ganhava eleições. Mas ele pode tudo

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos