Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


Durão, Constâncio e o BPN

por João Miguel Tavares, em 03.04.14

No Público de hoje escrevo sobre o regresso da polémica em torno da actuação de Vítor Constâncio e do Banco de Portugal no caso BPN. Para ler aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 03.04.2014 às 10:46

Caro JMT,

A mim soa-me a sacudir água do capote. Como (e não estou a dizer que injustamente) o Victor Constâncio é actualmente o bombo da festa, aproveitamos para descartar culpas ou associação a culpa para cima dele.

O BPN representa, quase de forma total, os riscos da politização da banca e da economização da política (já reparou, que fora o interlúdio da coadpção, só se fala de economia e finanças?). E as culpas, nesse caso, chegam para todos, pelo que em parte concordo com o Nicolau Santos: a fixação com o Constâncio é excessiva e acaba por dar a ideia (que me parece até correcta) que se quer desviar um pouco as atenções dos "ladrões" e focá-la nos "polícias".

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos