Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A presumível inocência de José Sócrates

por João Miguel Tavares, em 27.11.14

Hoje, no Público, regresso a José Sócrates para discutir a sua tão propapalada "presunção de inocência". Para ler aqui.

 

EPA1588500_Articolo.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Imagem de perfil

De Padrinhos Civis a 28.11.2014 às 21:23

Isto não parece seu. Gosto muito de ler o que escreve e permita-me discordar com D maiúsculo. Sim, o JMT tem direito de opinar exercendo o seu direito de liberdade de expressão. E eu tenho o direito de ficar desapontada com a forma como fundamenta este pensamento. Só tem desilusões quem tem ilusões: ora, eu considero-o alguém que me costuma ajudar a formar pensamentos e opiniões. Veja bem: lá porque uma pessoa foi alvo de 1000 acusações, não se deduz com segurança que é culpada de algumas delas. Com certeza estudou filosofia - ainda que rudimentar, como eu, que só a tive até ao 12.º ano. Recentemente li o livro "O mundo de Sofia", que serve para uma pessoa se recordar dos filósofos que aprendeu na escola. Recomendo-lhe que faça o mesmo e reveja como os filósofos procuravam a verdade. Será um exercício útil, estou certa - estamos a falar de sábios, com certeza não terá a presunção de saber mais que eles. Acho que ficará embaraçado com a maneira como praticou o seu método dedutivo aqui. Continuo a esperar mais de si.

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos