Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A agonia do Libération

por João Miguel Tavares, em 11.02.14

Hoje, no Público, escrevo sobre os problemas (nada originais) que o diário francês Libération está a enfrentar e a resposta (muito original, embora não no sentido necessariamente bom da palavra) que a redacção decidiu dar. O texto encontra-se aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Carlos Duarte a 12.02.2014 às 10:57

Caro João,

O problema do Libération é o problema de muitos outros jornais: a imprensa escrita encontra-se em algum declínio e, sendo no fundo um negócio, tem que existir retorno.

Adicionalmente, e no caso da imprensa de "esquerda", põe-se sempre a questão do (provável) desfasamento entre a linha editorial da publicação e a tendência ideológica dos accionistas.

Pessoalmente, e sendo adepto do modelo "extra-Portugal" me que os jornais definem linhas editoriais em termos ideológicos, não sei muito bem como resolver a situação. Suponho que passa pelas pessoas que irão, neste caso, rasgar as vestes em protesto contra o fecho/modificação do Libération passarem a comprar o jornal.

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos