Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]


A greve, muito em concreto

por João Miguel Tavares, em 07.01.14

No meu texto de hoje no Público regresso ao tema das greves e tento explicar porque é que elas são diferentes no sector privado e no sector público. Para ler aqui.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Carlos a 08.01.2014 às 12:17

http://manifesto74.blogspot.pt/2014/01/o-homem-do-lixo.html?spref=fb
Sem imagem de perfil

De Jorge a 07.01.2014 às 13:35

Caro João Miguel Tavares,
Gostava que explicasse, "muito em concreto", o que é que pensa que deve mudar na lei da greve.
Cumprimentos,
Jorge
Imagem de perfil

De João Miguel Tavares a 07.01.2014 às 16:06

Tenho dúvidas sobre se se deveria permitir greves a tempo parcial, ou greves apenas às horas extraordinárias; tenho dúvidas em relação a piquetes de greve; tenho dúvidas sobre a questão do respeito dos serviços mínimos; tenho dúvidas sobre se os colégios arbitrais não deveriam ter um papel mais activo; tenho dúvidas sobre se não se deveriam fazer distinções entre os serviços públicos e as entidades privadas; tenho dúvidas sobre como enfrentar greves em sectores deficitários como o dos transportes; tenho muitas dúvidas, como vê. Certezas não tenho lá muitas, até porque não sou especialista na área. Mas gostava, essencialmene, de ver a questão ser mais debatida no espaço público. E não vejo.

Comentar post




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Para ler o jornalista a falar da família



Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D




Favoritos